O Terror em Chaves e Chapolin - Parte 1


Não adianta dar uma de "diferentão", todo mundo assistiu Chaves e Chapolin pelos menos uma vez na vida. A obra de Roberto Bolaños fez parte da infância de praticamente todos os que nasceram nos anos 80 e 90.

Todos tem seus episódios preferidos, aqueles que nos fizeram rir (mesmo tendo assistido milhares de vezes) ou aqueles que nos emocionaram. Meus episódios preferidos sempre foram os com temática de terror, episódios que tinham em suas tramas elementos ligados ao fantástico, sobrenatural e tal. Por isso resolvi escrever esse post e listar alguns episódios que me divertiam e alguns que até davam um certo "cagaço" quando eu era criança.

Chapolin - A Mansão dos Duendes (1975)

Na história uma mulher (Florinda Meza) conta para o marido (Carlos Villagrán) que a casa está repleta de duendes e ele não acredita nela, logo depois aparece um homem misterioso querendo comprar a casa sendo que ninguém tinha a colocado a venda. O marido chama o Chapolin para investigar, enquanto o homem misterioso olha a casa. A sorte deles é que para atrair os duendes basta usar a grande arma, a tal "água de jamaica". Assistindo o episódio hoje eu dou risada, mas quando era criança tinha medo dos tais duendes que eram simples fantoches. Nesse episódio temos o uso de pouca iluminação que acaba criando um certo clima de mistério.


Chapolin - O Vampiro (1972)

A última vez que vi esse episódio eu deveria ter uns 8 ou 9 anos, e depois disso nunca mais o vi passar no SBT, acho que ele acabou virando um dos "episódios perdidos" que se fala tanto na internet. Na história o Chapolin é chamado, como sempre, para socorrer uma donzela (Maria Antonieta de Las Nieves) em perigo que afirma ter visto um vampiro. O final desse episódio é genial, Chapolin Colorado usa de sua astúcia e gira o ponteiro do relógio para fazer o tempo passar mais rápido, assim amanhece e a luz do sol acaba com o tal vampiro.


Chaves - O Fantasma da Vila (1977)

Esse é um dos meus preferidos, Sr. Barriga chega à vila e como de costume é alvo de uma pancada de Chaves. O dono da vila decide dar um susto no garoto e se finge de morto. Sr. Barriga coloca um lençol  e com a ajuda do Seu Madruga se finge de fantasma para dar um susto em Chaves. Uma das cenas mais engraçadas desse episódio para mim é o Professor Girafales tentando fazer uma serenata com cantores contratados para Dona Florinda que acaba assustando todo mundo com uma espingarda.


Chaves - A Casa da Bruxa do 71 (1975)

A Bruxa do 71... digo, a Dona Clotilde sempre sofreu com piadas da molecada da vila chamando ela de bruxa. Claro, a velha tem um gato (em alguns episódios é um cachorro) chamado "Satanás", até eu se tivesse uma vizinha assim suspeitaria. Seu Madruga pede para que Chiquinha devolva um jornal a Dona Clotilde. Ela, com medo, pede que Chaves e Quico a acompanhem. Os três entram na casa de Dona Clotilde e começam a imaginar uma casa mal-assombrada, com gatos e vassouras voando. A cena mais clássica é Chaves, Quico e Chiquinha totalmente aterrorizados enquanto observam escondidos a bruxa fazendo um feitiço com o boneco do "Madruguinha". No final tudo não passava da imaginação deles e temos a lição "Não julgar as pessoas pelo o que elas parecem, mas sim pelo que elas são".


Chapolin - O Abominável Homem das Neves (1976)

Durante uma tempestade de neve, um casal (Villagrán e Meza) resolve se abrigar numa cabana. Só que não contavam com a presença de um ser estranho, um Yeti. Acho esse episódio bem sinistro, o saudoso Seu Madruga (Don Ramón) vestido de Yeti aparecendo na janela dão alguns sustos. A cenografia e a iluminação ajudam a dar todo um clima de filme de terror ao episódio. No final não existia Yeti algum, na verdade era um ator contratado pela agência de turismo pra atrair pessoas para a região. Nesse final (assim como em muitos outros episódios do seriado) há uma desmistificação das figuras sobrenaturais,me lembram muito e é quase impossível não comparar com o desenho Scooby-Doo,em que todos são assombrados pelas figuras medonhas,e no final sempre se descobre que tais figuras são sempre forjadas,com algum objetivo.


Vou terminando esse post por aqui, em breve publicarei a parte 2 com mais episódios de Chaves e Chapolin que exploram o terror em suas histórias. Até a próxima e sigam-me os bons!

Comentários